acheguem-se a mim ASSOFT e ANSOL e ESOP

Só reparamos nas coisas quando precisamos delas, é um facto, e é por isso que muita maldade e desperdício se faz neste país. Quando reparamos nele – que é quando deparamos com ele no nosso caminho – ele já está feito e temos que nos resignar a essa condição. Somos um país de resingões resignados, […]

arroz xau-xau e pato à mandarim

Não é à toa que o ideograma chinês para a palavra “crise” é o mesmo para a palavra “oportunidade”. Na milenar ideologia chinesa, uma crise é uma oportunidade de mudança. Os momentos de crise levam-nos a uma forma pragmática de olharmos a coisa: ou nos afundámos nela, ou renascemos dela. Encarar as coisas em “banho-maria”, […]