8 essenciais para as relações públicas no twitter

8 coisas essenciais para as relações públicas no twitter

8 essenciais para as relações públicas no twitter

A questão que qualquer profissional das relações públicas deve colocar nos dias de hoje é "o que devo twittar?" e não "será que devo twittar?". O Twitter assume uma crescente relevância no panorama comunicacional através dos media sociais, desde o último semestre de 2012 que é a plataforma que mais tem crescido em número de utilizadores. Este facto torna incontornável a necessidade de utilizar esta rede para chegarmos ao público que pretendemos alcançar. As especificidades relativas ao assunto que devemos abordar dependerão da especialidade de cada profissional e do alcance que pretender. No entanto, existe uma variedade de boas práticas que dão cobertura a todo um processo de comunicação de um Relações Públicas. Vários autores propõem estas práticas como essenciais para obter melhores resultados. Quanto a mim, considero o último ponto dispensável mas, irá ficar registado até porque nutro um carinho especial pelo numeral 8 e também porque entendo que "7 pontos essenciais..." não me parece um título tão apelativo! Aqui ficam, então, os 8 pontos essenciais para as relações públicas no Twitter:

1. Estabelecer a sua estratégia de Relações Públicas.

Não é necessário dizer muito. Qualquer Plano de Comunicação necessita de uma estratégia. A comunicação no Twitter não é diferente. Decida que percentagem de tweets será sobre você e a sua empresa e sobre notícias no seu sector de actividade. Você não quer ser aquele R.P. que só fala de si mesmo!

2. Pratique uma política de "Divulgação Total".

Se está a tweetar sobre um cliente, revele essa informação. Se está a lidar com algo sensível faça uma abordagem frontal sobre esse assunto. Facilite o processo de comunicação, por exemplo, ao tweetar sobre um cliente, utilize a hashtag #cliente.

3. Seja sempre profissional

Agora você está a pensar "mas isso nem é preciso dizer...", mas o facto é que, muitos profissionais descuram este ponto. Lembre-se: O Google está de olho (a NSA também!), e quem diz o Google diz toda a internet. Há um ditado que diz: "uma palavra dita e uma pedra atirada, não pode mais ser retirada" e a internet não esquece! Depois de carregar no botão "tweet" (ou publicar) as suas palavras vão ficar ali, marcadas "a ferro e fogo" digital, por toda a internet. Você pode tentar corrigir, apagar, pedir desculpas (sinceras ou não). Lembre-se que a sua imagem, as suas palavras, estarão sempre associadas à sua empresa, aos seus clientes, ao seu trabalho, principalmente se forem controversas. Cuidado com o que tweeta.

4. Promova o seu username (utilizador)

A minha assinatura de email e os meus cartões sociais, os meus perfis nas redes sociais , têm todos o meu username no twitter (@giljspereira). habitue-se a fazer o mesmo. O Twitter é uma ferramenta de comunicação que você utiliza para... comunicar! Se ninguém conhecer o seu username como quer que acompanhem o que tem para dizer?

5. Agradeça Publicamente

Quando for citado por outro utilizador, ou por um jornalista (ou outra fonte online ou offline). Quando for convidado para falar em público ou verificar que algum artigo seu foi publicado em outros locais. Agradeça. Seja gracioso, agradeça com um tweet e promova a divulgação juntando uma ligação para esse conteúdo.

6. Não recicle notícias

Evite a tentação de publicar as notícias "da moda". Já muitos utilizadores o fizeram, tweetaram e retweetaram! Seja criativo e promova a discussão. Faça um tweet questionando a notícia. Estabeleça paralelos com outros assuntos relevantes para a sua estratégia de comunicação!

7. Mude o texto pré-definido.

Aqueles botões "tweet this" são mágicos não são? Clicamos e aparece o tweet pronto a publicar, em 140 caracteres (ou menos)! Mas será que isto serve os seus objectivos de comunicação? Lembre-se que as palavras que você escolhe são tão importantes como o conteúdo que você partilha. Adpate o texto à sua estratégia, utilize as suas keywords (palavras-chave). Para além disso, você vai ser original, quantos tweets serão iguais ao seu comparando-o com o tweet automático?

8. Crie o seu ShortURL (link curto)

Já sabemos que o número de caracteres é importante e por isso encurtar os URLs das ligações que partilhamos é fundamental. Você pode utilizar qualquer um destes métodos para criar o seu shortlink e, personalizar ao máximoa sua comunicação, utilizando um URL único e original. Mas... Existem serviços, como o Bitly que o fazem por si e com algumas vantagens imediatas que lhe darão mais trabalho a obter se optar pelo ShortURL próprio (estatísticas de cliques e organização, por exemplo!). Chegam-lhe estes 7+1 pontos essenciais ou acredita que fazem falta mais alguns?
Sem Comentários

Publicar Comentário

Subscreva a minha Newsletter

Faça parte da minha mailing list e receba atualizações e novidades... Não se preocupe, não vou encher a sua caixa de email com newsletters semanais ou updates diários. Digamos que será uma newsletter com uma assiduidade aleatória... talvez mensal... ou mais! :)

A sua subscrição foi efetuada. Irá receber um Email de confirmação. Obrigado.

Pin It on Pinterest