fbpx

Bounce Rate: como está a sua?

Bounce Rate: como está a sua?

Bounce Rate: como está a sua? 640 480 Gilberto Pereira

Uma das (pertinentes) preocupações dos nossos clientes, com que lidamos habitualmente, é a Taxa de Rejeição (Bounce Rate) no seu website ou Landing Pages, nomeadamente quando trabalhamos com campanhas.

De facto, a Bounce Rate é algo que merece muita da nossa atenção pois é um fator determinante para percebermos se o conteúdo das páginas do nosso website está a cumprir com os seus objetivos ou se existirá necessidade de uma intervenção sobre essas páginas. No entanto, a análise da Bounce Rate de forma isolada pode revelar-se perigosa para a nossa estratégia online, na medida em que por si só é incapaz de nos oferecer explicação sobre as causas desses valores elevados, deixando-nos num processo de adivinhação na tentativa de melhorar esta métrica.

O que é a Bounce Rate?

A definição apresentada pelo Google Analytics é a de que a Bounce Rate (taxa de rejeição) é a percentagem de visitas únicas num website, em que o utilizador (visitante) sai do website através da mesma página em que entrou. Ou seja, é a percentagem de utilizadores que acedem a uma página do website, independentemente da origem, e abandonam o website sem efetuar qualquer interação nessa mesma página.

A ausência de interação nessa página é o motivo de preocupação. Afinal, conseguimos levar utilizadores até à página que estabelecemos como Landing Page da nossa campanha ou otimizamos para um bom posicionamento nas SERP’s (páginas de resultados do motor de pesquisa), mas estes utilizadores limitam-se a entrar e sair. A principal indicação que retiramos ao observar este comportamento é a de que as nossas páginas de entrada são pouco, ou nada, relevantes para os utilizadores.

Causas Comuns para Bounce Rate elevada:

  • O utilizador não encontrou a informação que procurava;
  • O utilizador encontrou toda a informação que procurava;
  • O website, ou a página, não é user friendly;
  • O website, ou a página, não tem elementos (CTA’s) que levem o utilizador à ação, e com isso ter interação com o website.

Todas as visitas únicas são Bounces (rejeições)?

Não. de facto, existem alguns cenários em que uma visita única poderá não contar como um uma Bounce (rejeição) para o Analytics. Por exemplo:

Tracking de Eventos: Um utilizador que aceda à nossa Landing Page e faça algo que esteja a ser seguido pelo código de tracking de eventos, e depois abandone o website sem continuar a navegar não irá contribuir para a Bounce Rate;

Interações via Redes Sociais: Um utilizador que aceda a uma página do website e partilha o conteúdo para uma rede social, abandonando de seguida o website, não irá contribuir para o aumento da Bounce Rate, desde que tenha implementado no website o tracking code da rede social;

Execução automática de Eventos Seguidos (tracked events): Quando um utilizador acede à página do website e um vídeo embutido na página começa automaticamente a ser reproduzido, esta visita não irá contribuir para a Bounce Rate, desde que esteja implementado o Event Tracking.
Atenção: O autoplay de conteúdos (vídeo ou som) é absolutamente desaconselhado.

Vários Tracking Codes de Analytics na mesma página: Por exemplo, colocar um tracking code no cabeçalho e outro no rodapé da página. Este é daqueles erros que nunca deve cometer, ok? Garanta que tem apenas 1 (um) tracking code do Google Analytics nas suas páginas.

Como melhorar a sua Bounce Rate?

Para melhor a sua bounce rate, ou seja, diminuí-la, pode começar por tomar estes passos:

  • introduzir CTA's (Call To Action);
  • Apresentar Testemunhos ou prova social (social proof);
  • Faça testes A/B, pode fazê-los através da ferramenta Google Optimize (leia o artigo da MindSEO sobre esta ferramenta);
  • Verifique a relevância e legibilidade dos conteúdos;
  • Não abuse dos pop-ups;
  • Dê especial atenção aos tempos de carregamento do website e das páginas com Bounce Rate elevada;
  • Faça uma revisão de conteúdos para garantir que o que está a comunicar, e a levar os utilizadores a visitar o website, está de acordo com as espectativas, ou os termos de pesquisa.

Analisar e Melhorar.

Ao analisar a Bounce Rate tenha também em consideração outras métricas como por exemplo o tempo de sessão. Quanto tempo ficou o utilizador na página, antes de sair? O que contém a página em que a Bounce Rate e o tempo médio de sessão são elevados? Por vezes deixamos-nos influenciar apenas pelos números da Bounce Rate e esquecemos que os conteúdos da página podem ser, por exemplo, autosuficientes para o utilizador. Assim, é muito importante definir o objetivo de cada página que colocamos online. Por exemplo, é habitual um blog ter uma Bounce Rate elevada, pois os utilizadores têm tendência a ler o artigo que encontram e sair do website. Uma forma de tentar diminuir a Bounce Rate num blog passa por sugerir conteúdos adicionais para leitura, como por exemplo uma barra no fim de cada artigo onde são apresentados artigos sobre temas semelhantes.

Essencialmente, procure ter em todas as suas páginas do website, formas de captar a atenção do utilizador e fazê-lo continuar a navegar no website e consultar outros conteúdos, tendo sempre em consideração a qualidade e a relevância dos conteúdos, a experiência do utilizador e, claro, os objetivos a que se propõe com a sua presença online.

3 × one =

Preferências de Privacidade

Quando navega no meu website, este pode armazenar informação através do seu browser, proveniente de serviços específicos, na forma de cookies. Aqui pode configurar as suas preferências relativamente a esses cookies. No entanto, devo salientar que o bloqueio de alguns cookies utilizados pode ter impacto na forma como navega no website e na sua experiência de utilizador.

Estes cookies são os necessários para o funcionamento do website. Sem eles o website não irá funcionar.
Necessário
Clique para ativar/desativar Google Analytics.
Clique para ativar/desativar Google Fonts.
Clique para ativar/desativar Google Maps.
Clique para ativar/desativar incorporação de vídeo.

Este website utiliza Cookies, nomeadamente de serviços terceiros, que permitem um melhor funcionamento do website e uma experiência de navegação mais agradável. Defina as suas preferências ou clique em "Eu Concordo" para continuar. Se quiser saber mais sobre os cookies deste website, consulte aqui.