Stop the block

Stop the block

Stop the block 1024 624 Gilberto Pereira
O tempo é curto, as tarefas são muitas, e a corda rompe-se pelo lado mais fraco. Não vou lançar o movimento “Stop the block” para parar este bloqueio que me impede de escrever. Não o faço porque… esse bloqueio não existe. O único bloqueio que existe é este auto-imposto hiato temporal que me tem ocupado mais no imediatismo das redes sociais, como o Twitter e o Facebook, deixando para terceiro, quarto, quinto plano (e por aí fora) a mais elaborada forma de criação de conteúdo que é a pesquisa e construção de texto para artigos no blog. É isso mesmo, não escrevo porque não me apetece. Também posso, não posso? até breve.

Deixe uma Resposta

Preferências de Privacidade

Quando navega no meu website, este pode armazenar informação através do seu browser, proveniente de serviços específicos, na forma de cookies. Aqui pode configurar as suas preferências relativamente a esses cookies. No entanto, devo salientar que o bloqueio de alguns cookies utilizados pode ter impacto na forma como navega no website e na sua experiência de utilizador.

Para segurança e Performance utilizo Cloudflare.
Necessário
Clique para ativar/desativar Google Analytics.
Clique para ativar/desativar Google Fonts.
Clique para ativar/desativar Google Maps.
Clique para ativar/desativar incorporação de vídeo.
Preferências.

Este website utiliza Cookies, nomeadamente de serviços terceiros, que permitem um melhor funcionamento do website e uma experiência de navegação mais agradável. Defina as suas preferências ou clique em "Eu Concordo" para continuar. Se quiser saber mais sobre os cookies deste website, consulte aqui.