nokia new phones

A Nokia prepara-se para vender novos modelos a “médio custo” (ver aqui), mais uma tentativa de contrariar a espiral de declínio em que se encontra depois de perder quota de mercado para os principais concorrentes, nomeadamente a Samsung.
Depois do crescimento que empresa finlandesa conseguiu com o boom dos telemóveis na década de 90 esta vê-se em águas pouco amigáveis, assistindo na margem à guerra Apple vs. Samsung, pelo controlo do mercado, sem conseguir agarrar novos clientes.

Se a política de preços foi uma das estratégias que trouxe a Nokia à liderança mundial retomá-la, na conjuntura em que se encontra, soa a falso, soa a tentativa desesperada para não ir, de vez, ao fundo!
O relançamento da marca com modelos a preços mais acessíveis poderá funcionar de forma inversa à esperada pois o problema que os utilizadores começaram a ter com a marca finlandesa não surgiu devido aos preços, mas sim com o declínio da qualidade dos seus produtos e a incapacidade de acompanhamento da concorrência.

A adopção do sistema Windows Mobile, contrariando a corrente de mercado que adere em massa aos sistemas Android, terá sido um duro golpe nas vendas a que, aliando os vários problemas que vão surgindo no S.O. Symbian, os clientes Nokia responderam com um simples abandono da marca…

Por mim falo: desde que me chegou às mãos o Galaxy Note que o N97 passou a telemóvel de recurso!